terça-feira, 4 de junho de 2013

Teatro Empresarial

Eis uma experiência que eu realmente preciso compartilhar! O teatro empresarial é uma maneira criativa e extremamente eficaz de capacitação profissional, de conscientização sobre procedimentos de segurança no trabalho e dinâmicas de grupos, além de promover um momento de lazer aos funcionários também ilustra a importância do trabalho em equipe e aprimora conhecimentos. Levar informação com diversão, essa é a principal função do teatro empresarial! Atraímos a atenção do público, o fazemos rir e ao mesmo tempo o ensinamos a ter um comportamento seguro, proativo, entre outros benefícios.

Você ator/atriz de teatro, imagine o seguinte: fazer de quatro a oito apresentações num único dia sendo a primeira às 05h30 da manhã e a última às 23h, numa sala sem acústica ou num espaço aberto, debaixo de uma lona num dia quente de verão, sem iluminação própria, na cara da plateia (bem pertinho mesmo), algumas vezes sem palco ou usando a carroceria de um caminhão como tablado e uma cadeira como escada, um camarim improvisado com tapumes, com um dia pra decorar o texto e de repente até sem tempo pra ensaiar direito. Imaginou? Pois bem, é mais ou menos isso o que acontece!

Se você pensa que isso é uma reclamação, aviso que é exatamente o contrário! Todas essas adversidades dão um gás novo e uma funcionalidade incrível ao ator. São detalhes que os atores acostumados às mordomias dos camarins e espelhos cheios de luzes ao redor que facilitam na hora de se maquiar, dos palcos italianos com luzes por todos os lados e acústica perfeita não conhecem.

Quando comecei a fazer teatro empresarial achei uma tremenda loucura e me apavorei, confesso! Mas hoje sei o quanto isso me ajudou e me transformou numa atriz (e pessoa) melhor. Atualmente continuo trabalhando na área com minha cia., a Katinsk Produções Artísticas, que possui vasta experiência em teatro empresarial. E essa coisa de algumas empresas entrarem em contato querendo um espetáculo pra SIPAT faltando dois dias pro evento é algo que realmente nos enlouquece a princípio, mas com o tempo nos aprimora. E aí quando você tem três meses pra decorar o texto, preparar o personagem e ensaiar um espetáculo fica tudo muuuuuuuito mais fácil! O mesmo acontece quando você já está habituado a se apresentar em salinhas pequenas e de repente se vê no palco de um grande teatro.
 
Enfim, acho que todo ator/atriz de teatro deveria trabalhar com teatro empresarial por pelo menos um mês. E ao final dessa experiência, retornando aos grandes palcos numa produção que permita um trabalho mais apurado e há longo prazo, certamente notará as mudanças em sua forma de ver o “fazer teatral”, os benefícios trazidos pelos percalços e os atalhos, truques e dicas aprendidos com o teatro empresa.

Indico e sugiro aos atores que tiverem oportunidade de viver essa experiência que o façam com a mente e o coração abertos, certos de que apesar de eventuais momentos de stress inevitáveis, terão boas histórias para lembrar depois e uma bagagem e tanto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário