segunda-feira, 29 de abril de 2013

Bagagem

Cada trabalho da carreira de um ator é como se fosse um carimbo no passaporte marcando viagens (boas ou ruins) para lugares, épocas e vidas diferentes. Além das lembranças, de cada uma dessas viagens, nós atores, trazemos um souvenir que é conservado com muito carinho.

Esses souvenires são aquelas experiências que vão nos transformando e melhorando com o passar do tempo. É a nossa bagagem! Experiências ruins que nos ensinam e experiências boas que nos impulsionam!

Ouvi de um diretor muito querido algumas muitas vezes a seguinte frase: “Cometemos erros para que possamos aprender com eles e não repeti-los mais, pois se insistirmos nos mesmos erros de sempre não teremos chance de cometer novos erros e aprender ainda mais!” E é isso mesmo! Eu mesma disse em alguma postagem anterior que um ator nunca está pronto, nunca sabe tudo... É preciso estar sempre buscando aprender e melhorar a cada dia. E a melhor forma pra aprender e se aperfeiçoar é cometendo erros!

Por exemplo: se num determinado trabalho o ator acabou perdendo a voz por forçar demais, da próxima vez ele certamente vai se dedicar mais ao aquecimento vocal, ou vai buscar aperfeiçoar sua respiração e uso do diafragma. Se em outro trabalho o ator esqueceu o texto em cena, da próxima vez ele vai pensar porque isso aconteceu, terá sido porque não se dedicou o suficiente para decorar ou terá sido o nervoso? Seja como for, ele vai procurar estudar mais o texto e talvez até fazer um relaxamento antes de entrar em cena. Enfim... Aconteça a falha que acontecer, é preciso corrigir! Caso contrário ficaremos estagnados, sem ter pra onde correr!

As boas experiências também nos ensinam, claro! Quando um ator cuida bem do seu figurino e maquiagem, obviamente percebe que isso lhe traz benefícios e continuará cuidando da mesma forma. Se um ator faz uma boa preparação vocal e sabe impostar sua voz sem força-la, certamente terá um bom desempenho vocal em cena e até aquela senhorinha meio surda sentada na última fileira da plateia vai ouvir e entender o que esse ator diz!



Resumindo: o ator é um mochileiro que coleciona carimbos no passaporte, que está em constante movimento, sempre na estrada carregando e preenchendo sua bagagem um pouco mais em cada uma de suas viagens e sempre trazendo um souvenir pra recordar!

Boa viagem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário